Outono em Berkeley

“AS ESTAÇÕES do ano têm mais intensidade nas cidades universitárias. Há uma consciência aguda do tempo nesses lugares onde se está, definitivamente, de passagem. O resto da vida de cada um dos jovens estudantes que ali moram, temporariamente, dependerá daquilo que conseguirão aprender, descobrir, reinventar, nestes poucos anos. Os sonhos e  angústias dos estudantes circulam no ar – a certas horas do dia ou da noite, parecem até visíveis, nuvens altas atravessando a transparência azul do céu, ou rajadas de vento inesperadamente frio. (…)”

por Inês Pedrosa in Única 14/10/06

Vão certamente estranhar a data do artigo que já têm três meses… Mas a explicação é simples, só hoje me decidi a “postar” e quis deixar aqui uma crónica que, de alguma maneira, nos toca a cada um de nós enquanto estudantes universitários prestes a terminar esta etapa da nossa vida. Soa a piegas… Bem relativamente a esta crónica sinto que nos transporta directamente para o universo estudantil, ainda que já não façamos parte dele ou ainda que não o tenhamos experienciado. É possível sentir a azáfama universitária, ver a diversidade de jovens ou pensar em todos os seus sonhos e medos, desejos e frustrações… Há aqui um poder de nos reportar para um sítio específico que mesmo não tendo sido vivenciado por nós se torna posível de ser experienciado através da imaginação.

Anúncios

0 Responses to “Outono em Berkeley”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s





%d bloggers like this: